Follow by Email

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008



Não há como esquecer uma mulher. Desista, é trabalho em vão. Nem a pior cachaça do mundo servirá como borracha. Ficará de ressaca, enxaqueca e ainda lembrando dela.

Fabrício Carpinejar

Nenhum comentário: