Follow by Email

sábado, 26 de maio de 2012

LISBOA AMANHECE

Ah, confirma-se que Lisboa amanhece. E é linda.
Até parece que não tem renaults clios e joão carlos nas suas entranhas. Até parece que não me tem a mim.
Cheguei à rua onde trabalho. Não a reconheci. No café as empregadas são as mesmas, fazem os mesmos gestos que faziam ontem no habitual das dez horas.
Não deveriam estar habitadas por algo de nocturno? Como podem pertencer a dois mundos tão diferentes com tal indiferença?
Quando saí de casa havia anjos nas paredes e as folhas não caiam.
(escrito ao som de Genevieve do Perry Blake, este gajo faz-me caracóis na alma)



TEXTO EXTRAÍDO DO BLOG DE LUIS - TINTA NO BOLSO 


"(amei este texto logo que li, fiquei com sonhos de estar vendo a cidade amanhecer, e imaginei as moças tendo vidas paralelas e indiferentes a quem sentia por elas ...
e desejei do fundo da minha alma encontrar alguém que fizesse caracóis na minha tão desbotada alma ..." 



2 comentários:

Luis Rodrigues disse...

Obrigado Jessica.

O caracois não hão-de ser diferentes das outras coisas. Vão e voltam, Como as marés ou a lua.

jessica vega disse...

saudades suas ...